BIO-ATP 200mg

Código: p-759254 Marca:
Selecione a opção de QUANTIDADE:
5x de R$ 33,60
R$ 168,00
Comprar Disponibilidade: 3 dias úteis Estoque: 998 unidades
3x de R$ 31,66
R$ 95,00
Comprar Disponibilidade: 3 dias úteis Estoque: 996 unidades
3x de R$ 31,66
A partir de R$ 95,00
    • 1x de R$ 168,00 sem juros
    • 2x de R$ 84,00 sem juros
    • 3x de R$ 56,00 sem juros
    • 4x de R$ 42,00 sem juros
    • 5x de R$ 33,60 sem juros
  • R$ 168,00 Boleto Bancário
    • 1x de R$ 95,00 sem juros
    • 2x de R$ 47,50 sem juros
    • 3x de R$ 31,66 sem juros
  • R$ 95,00 Boleto Bancário
    • 1x de R$ 95,00 sem juros
    • 2x de R$ 47,50 sem juros
    • 3x de R$ 31,66 sem juros
  • R$ 95,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

 

Para que serve

 

BIO-ATP® aumenta a disponibilização da glicose, dos

nutrientes e do oxigênio nos músculos e permite-lhes

desembaraçar-se mais rapidamente dos resíduos

catabólitos, o que melhora o desempenho no exercício

e a recuperação reduzindo a percepção da fadiga e/ou

da dor associadas ao exercício.

 

ATP: Abreviatura de Adenosina-5 trifosfato, principal

fonte de energia intracelular para os tecidos corporais.

Toda a contração muscular / produção de força deve-

se a esta molécula (adenosina trifosfato). Quando

uma molécula de ATP é combinada com água, o

último dos três grupos de fosfato separa-se e produz

energia.

 

ATP X FORÇA MUSCULAR

 

Estudo realizado por Jordan et al. mostrou que 225

mg de ATP por dia durante duas semanas, em

combinação com exercícios de resistência, resultou

num aumento da carga total levantada no supino,

juntamente com um aumento significativo no número

de repetições realizado durante o primeiro tempo do

teste.

 

Um outro estudo, realizado por Wilson et al. mostrou

que 12 semanas de suplementação de ATP a 400

miligramas por dia, combinados com o treinamento

do peso, proporcionou aumento da força total do

corpo, bem como do tamanho do músculo. Este

estudo também mostrou que cobaias que foram

propositadamente treinados à exaustão, ao

consumirem ATP, tiveram uma diminuição na quebra

de proteína muscular causada por excesso de

treinamento, revelando um efeito protetor do ATP no

“overtraining”.

 

Em conjunto, esses resultados indicam que a

suplementação oral de ATP, aumenta as forças de

contração muscular, possibilitando uma saída de força

maior, melhorando simultaneamente o crescimento

muscular após o treinamento de resistência.

 

ATP X FADIGA MUSCULAR

 

1) Efeitos da suplementação oral de ATP na potência

anaeróbia e força muscular

 

OBJETIVO: avaliar os efeitos da suplementação oral

de ATP na capacidade anaeróbia e na força muscular.

 

ESTUDO: Vinte e sete machos saudáveis participaram

de um modelo de estudo duplocego, onde receberam

aleatoriamete uma dose oral baixa (150 mg) ou dose

elevada (225 mg) de ATP, ou placebo correspondente.

Para melhorar as características de absorção, o ATP

foi revestida entericamente.

 

Ao final do estudo, os resultados foram medidos sob

três condições: (i) linha de base ; (ii) de forma aguda

(7d mais tarde, sem suplementação antes e 75

minutos após a ingestão do ATP); e (iii) após 14 d de

ingestão diária.

 

RESULTADOS: 225 mg de ATP por dia durante duas

semanas, em combinação com a formação de

resistência, resultou num aumento da carga total

levantado na prensa de bancada, juntamente com um

aumento significativo no número de repetições

realizado durante o primeiro set.

 

2) Efeito da Suplementação de ATP na Melhora do

Torque Muscular e Diminuição da Fadiga Durante Conjunto de Exercícios Repetitivos de Alta Intensidade

 

Pesquisa realizada em Iowa, Estados Unidos, avaliou

o efeito da suplementação de ATP na melhorara do

torque muscular, força, trabalho e fadiga durante

séries repetidas de exercícios de alta intensidade e

resistência. Estudo contou com dezesseis

participantes (8 homens e 8 mulheres), com idade

entre 21-34 anos, todos considerados saudáveis, não

atletas e que não tivessem realizado trabalhos de

grande esforço. Utilizaram o modelo de estudo duplo-

cego, placebo-controlado. Os participantes receberam

suplemento de ATP (400 mg/d) divididos em duas

doses diárias, uma após o café da manhã e outra

após o almoço, outro grupo de estudo recebeu

placebo (contendo farinha de arroz) durante 15 dias.

Estudos realizados anteriormente com quantidade

inferior a 400 mg/d não obtiveram os resultados

desejados. O estudo mostrou que a suplementação

com 400 mg de ATP por dia, durante 15 dias tende a

reduzir a fadiga muscular, melhorando o pico de

torque baixo nos conjuntos de exercício sucessivos e

exaustivos. No entanto, a melhora no pico de torque

baixo e a diminuição da fadiga não foram suficientes

para indicar melhorias na força da perna ou no

trabalho realizado. Os pesquisadores acreditam que

estes resultados indicam que a suplementação de ATP

pode proporcionar benefícios acumulativos nas

atividades de exercício extenuante, repetitivo e

exaustivo, o que poderia resultar em mais resistência

e assim ganho de massa magra.

 

Estudos comprovam que a Suplementação com BIO –

ATP promove:

 

  • Aumento da Resistência Física

 

  • Melhora do Desempenho no Exercício

 

  • Aumento da Força Muscular

 

  • Combate à Fadiga Muscular

 

  • Estímulo do Fluxo Sanguíneo


 

Especificações

 

BIO ATP..............................................200 mg

 

Excipiente qsp 1 cápsula GASTRORRESISTENTE.

 

60 ou 120 cápsulas.


 

Posologia

 

Como um suplemento dietético, tomar 2 (DUAS)

cápsulas 30-60 minutos antes do exercício.

 

Nos dias sem treino, tomar 2 (DUAS) cápsulas de

manhã com o estômago vazio.

 

Referêncais Bibliográficas

 

Casas M, Buvinic S and Jaimovich E. ATP signaling in

skeletal muscle: from fiber plasticity to regulation of

metabolism. Exerc Sport Sci Rev 2014;42, 110-116.

Osorio-Fuentealba C, Contreras-Ferrat AE, et al.

 

Electrical stimuli release ATP to increase GLUT4

translocation and glucose uptake via PI3Kgamma-Akt-

AS160 in skeletal muscle cells. Diabetes 2009;62,

1519-1526.

 

Jorquera G, Altamirano F, et al. Cav1.1 controls

frequency-dependent events regulating adult skeletal

muscle plasticity. J Cell Sci 2013;126, 1189-1198.

 

Jordan AN, Jurca R, et al. Effects of oral ATP

supplementation on anaerobic power and muscular

strength. Med Sci Sports Exerc 2004;36, 983-990.

 

Wilson JM, Joy JM, et al. Effects of oral adenosine-5'-

triphosphate supplementation on athletic

performance, skeletal muscle hypertrophy and

recovery in resistance-trained men. Nutr Metab

(Lond) 2013;10, 57.

 

Charest R., Blackmore PF and Exton JH.

Characterization of responses of isolated rat

hepatocytes to ATP and ADP. J Biol Chem 1985;260,

15789-15794.

 

Boynton AL, Cooney RV, et al. Extracellular ATP

mobilizes intracellular Ca2+ in T51B rat liver epithelial

cells: a study involving single cell measurements. Exp

Cell Res 1989;181, 245-255.

 

Parker JC. Metabolism of external adenine nucleotides

by human red blood cells. Am J Physiol 1970;218,

1568-1574.

 

Schrader J, Berne RM and Rubio R. Uptake and

metabolism of adenosine by human erythrocyte

ghosts. Am J Physiol 1972;223, 159-166.

 

Rathmacher JA, Fuller JC Jr., et al. Adenosine-5'-

triphosphate (ATP) supplementation improves low

peak muscle torque and torque fatigue during

repeated high intensity exercise sets. J Int Soc Sports

Nutr 2012;9, 48.

 

Agteresch HJ, Dagnelie PC, et al. Adenosine

triphosphate: established and potential clinical

applications. Drugs 1999;58 211-232.

 

Khakh BS and North RA. P2X receptors as cell-surface

ATP sensors in health and disease. Nature 2006;442,

527- 532.

 

Gomaa AA. Characteristics of analgesia induced by

adenosine triphosphate. Pharmacol Toxicol 1987;61,

199-202.

 

Material técnico Fornecedor.

 

 

Advertências
 

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um

profissional habilitado.



2. Imagens meramente ilustrativas.



3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não

devem ingerir o produto.



4. Em caso de hipersensibilidade ao produto,

recomenda-se descontinuar o uso e consultar o

médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade

vencido.



6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC), em

sua embalagem original, fechada. Proteger da luz, do

calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento

se manterá próprio para o consumo, respeitando o

prazo de validade indicado na embalagem.



7. Todo medicamento deve ser mantido fora do

alcance das crianças.
 


8. Este medicamento não deve ser utilizado por

mulheres grávidas sem orientação médica.



9. Este medicamento não deve ser utilizado durante o

período de amamentação.
 


10. Este medicamento não deve ser utilizado por

menores de 18 anos sem orientação médica.



11. Siga corretamente o modo de usar. Não

desaparecendo os sintomas, procure orientação

médica.



12. Os resultados dependem da correta utilização do

produto, conforme descrito na posologia.



13. Paciente hipertenso, consulte seu médico para

uma melhor avaliação.



14. Em caso de alteração de cor, odor, consistência

ou sabor, procurar o profissional farmacêutico para

esclarecimentos.



15. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO

DEVERÁ SER CONSULTADO".



Evite automedicação. Não se trata de propaganda e

sim descrição do produto, consulte sempre um

especialista.



Em caso de dúvidas: Fale com o nosso farmacêutico.

Produtos relacionados

5x de R$ 33,60
R$ 168,00
Comprar Disponibilidade: 3 dias úteis Estoque: 998 unidades
3x de R$ 31,66
R$ 95,00
Comprar Disponibilidade: 3 dias úteis Estoque: 996 unidades
3x de R$ 31,66
A partir de R$ 95,00
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos

Abs Laboratorio Farmaceutico LTDA - CNPJ: 81.043.085/0001-97 © Todos os direitos reservados. 2020